Franchising e Oportunidades - Consultoria Franchising

UNU

Franchising Imobiliária

Urban Obras

Franchising em Obras e
Remodelações

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

ALLCAN

Franchising de Coaching & Training

Guard Clean

Franchising para Técnicos em Limpeza

UNU

Franchising em Imobiliária

Branquia

Franchising de Limpeza Comercial

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

Sabe qual a origem do franchising?

Ainda que o termo franchising tenha nascido no tempo da Idade Média em França, o sistema de franquia, tal como o conhecemos hoje em dia tem a sua origem em meados do século XIX, nos Estados Unidos, concretamente no ano de 1862, através da marca Singer Sewing Machines Co e da distribuição das suas máquinas de costura SINGER.

Assim, a necessidade de expansão da indústria no norte do país, triunfante atrás da guerra civil, leva os empresários e empreendedores a procurar a colaboração dos comerciantes de outras zonas, dando início à essência do verdadeiro sistema de franquia: a colaboração entre empreendedores independentes para a obtenção de um fim comum.

Alguns anos depois, a General Motors utilizou o mesmo sistema para aumentar a venda de automóveis, criando o que mais tarde viria a se chamar Concessionária de Veículos. Em 1899, a Coca-Cola criou o primeiro franchising de produção, outorgando a licença para empresários, empreendedores e grupos empresariais interessados em produzir e comercializar refrigerantes, não só nos Estados Unidos da América como também em outros países.

Desde então, o conceito de franchising expandiu-se, internacionalizou-se e implementou-se como uma das principais formas de empreendedorismo em todo o mundo. Foi na década de 80 que o franchising apareceu em Portugal, no entanto não começou pelos sectores que no resto do mundo possuem mais cadeias, como o comércio. Os primeiros casos de franquia ocorreram na indústria, tais como a “Coca-cola” e a “Yoplait”.

A partir da segunda metade da década de 80, houve um “boom” económico e um crescimento muito grande no comércio. A oferta e o serviço de distribuição aumentaram significativamente e, portanto, as pessoas procuravam no franchising uma forma de poderem ser comerciantes e criadores do seu próprio negócio, partindo muitas vezes de uma base zero. O franchising era essa resposta, porque dizia como se devia atuar, disponibilizava a marca, a garantia, a experiência, e acabou por participar de forma ativa no desenvolvimento do comércio nos últimos anos em Portugal.

Na década de 90, o franchising em Portugal consolidou-se, quando marcas nacionais passaram a competir com as estrangeiras.

E apesar de, durante muito tempo, o franchising em Portugal ter sido objeto de descrença por parte dos sectores mais conservadores do comércio, hoje, não existem dúvidas de que está a entrar numa fase de amadurecimento e que constitui um instrumento importantíssimo para a modernização de negócios de sucesso no mercado nacional e internacional.

De facto, um grande número de empreendedores e empresas nacionais está a optar pelo franchising como veículo de expansão e todos os anos são integrados novos sectores da economia, fazendo com que a estrutura empresarial do sector comercial português, cada vez mais se caracterize por uma elevada heterogeneidade.

O franchising conquistou definitivamente os empreendedores e as empresas nacionais, desde pequenos negócios, até grandes grupos. De empreendedores encartados a simples amadores, são já muitos os que acreditam que investir num negócio de franchising é o negócio da sua vida.

Descubra a oportunidade que mais se adequa a si.
Fale connosco!

Peça hoje mais informações!

Nome*
Email*
Franchising de Interesse
Telefone*
Localidade*