Franchising e Oportunidades - Consultoria Franchising

UNU

Franchising Imobiliária

Urban Obras

Franchising em Obras e
Remodelações

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

ALLCAN

Franchising de Coaching & Training

Guard Clean

Franchising para Técnicos em Limpeza

UNU

Franchising em Imobiliária

Branquia

Franchising de Limpeza Comercial

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

Sabe a diferença entre incubadoras e aceleradores?

Apesar de as incubadoras e as aceleradoras desempenharem um papel determinante no desenvolvimento das startups e dos seus empreendedores, é importante clarificar que não funcionam da mesma forma.

Para quem tem uma ideia de negócio e quer avançar com a criação do próprio emprego no mundo das startups, a opção mais acertada é procurar apoio especializado. No ecossistema de empreendedorismo português, a oferta de incubadoras e aceleradores empresariais (também conhecidos por programas de aceleração) começa a ser ampla. Tanto uma, como outra, auxiliam ao desenvolvimento de uma startup, mas existem algumas diferenças.

Saiba quais são.

Fundamentalmente, as incubadoras oferecem um espaço físico, oportunidade de estabelecer conexões e apoio a projetos ou ideias de negócio inovadoras em fase embrionária. Já as aceleradoras são, tipicamente, programas com uma duração definida, durante os quais as startups trabalham, com base num programa de workshops e mentoria, na aceleração do seu negócio de sucesso, afinando o modelo e melhorando o produto e as estratégias de comercialização.

Ambas atuam em fases iniciais no apoio à criação de novos negócios de sucesso em fase emergente. Assim, um espaço onde estejam instaladas empresas com mais de quatro anos não pode ser considerado uma incubadora. Será, muito provavelmente, um núcleo empresarial. Da mesma forma, um concurso de startups sem um programa bem definido e sem um foco na aceleração também não pode ser considerado um programa de aceleração.

Não existe uma fórmula milagrosa para criar negócios de sucesso e é imprescindível que o empreendedor esteja 100% empenhado nos resultados, mas bons programas de incubação ou aceleração oferecem condições que podem aumentar as probabilidades de êxito de uma startup. Este apoio ao empreendedorismo assume uma dimensão vital no desenvolvimento da economia e na criação próprio negócio, pelo que é essencial potenciar estes ecossistemas.

Ou seja, os que se focam no sucesso das startups e dos seus empreendedores, e que, desta forma, ajudam a acelerar negócios de sucesso e a promover um futuro aumento das exportações, criando riqueza para o país. O sucesso de uma incubadora ou aceleradora só pode e só deve ser avaliado através do sucesso das suas startups, pois são negócios de sucesso bem-sucedidos, com boa tração no mercado e estratégias de médio e longo prazo, que apoiam o crescimento económico do país.

Descubra a oportunidade que mais se adequa a si.
Fale connosco!

Peça hoje mais informações!

Nome*
Email*
Franchising de Interesse
Telefone*
Localidade*