Franchising e Oportunidades - Consultoria Franchising

UNU

Franchising Imobiliária

Urban Obras

Franchising em Obras e
Remodelações

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

ALLCAN

Franchising de Coaching & Training

Guard Clean

Franchising para Técnicos em Limpeza

Branquia

Franchising de Limpeza Comercial

COOPERFINANCE

Contabilidade e Consultoria

UNU

Franchising em Imobiliária

Como evitar o Sinal Vermelho na Gestão do seu Próprio Negócio

O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo, a preocupação de que o seu próprio negócio seja rentável é cada vez maior. A procura de soluções que diferenciem o seu próprio negócio dos seus concorrentes é constante. No mercado global, todos os dias são importantes para conseguir ter um negócio de sucesso.

Não há uma fórmula milagrosa para resolver todos os problemas. Os empreendedores sabem que cada negócio tem as suas particularidades e só uma boa análise ao mercado poderá direcionar da melhor forma possível o seu negócio no caminho para um negócio de sucesso. Neste artigo, damos-lhe algumas sugestões de como evitar o sinal vermelho na gestão do seu próprio negócio, confira agora:

  1. Tenha organização.

Tenha uma gestão controlada. Elabore um plano de negócios onde inclua as previsões do fluxo de caixa, receitas, despesas, stocks, entre outras variáveis. Assim é possível prever os custos e gastos associados ao seu próprio negócio e saber como serão os meses seguintes.

  1. Separe a sua conta pessoal da profissional.

A recomendação de separar as contas do seu próprio negócio das pessoais é a base de um negócio de sucesso. Se o dinheiro que pagas as suas despesas pessoais vem diretamente da caixa registadora do seu próprio negócio, acenda o sinal de alerta. Qualquer empreendedor que tem um negócio próprio deve ter um pró-labor, ou seja, um salário fixo e não poderá usufruir das receitas do seu próprio negócio para seu belo prazer. Cada vez que o empreendedor usufrui das receitas do próprio negócio para pagar despesas pessoais ou usa a sua conta pessoal para pagar a fornecedores estará a perder a noção da situação real do seu próprio negócio.

  1. Estabeleça prioridades.

Analise todos os custos associados ao seu próprio negócio, agrupe-as conforme a natureza de cada uma – por exemplo, bancárias, fornecedores, colaboradores, entre outras – e defina prioridades de pagamento. Desta forma irá evitar a paralisação do seu próprio negócio, liquidando os pagamentos com maior prioridade e negociando os outros. Reveja mensalmente os seus custos de forma a determinar o balanço entre os seus ganhos e custos mensais e negoceie tendo por base estes dados.

  1. Termine com os desperdícios

Analise os equipamentos necessários ao bom funcionamento do seu próprio negócio. Após esta análise identifique os equipamentos, produtos ou serviços que podem ser facilmente dispensados ou foram inadequadamente contratados. Seja apologista de uma política economizadora a todos os níveis: energia, telecomunicações, água, materiais, entre outros.

  1. Repense na localização do seu próprio negócio

Repense no local onde está localizado o seu próprio negócio. A mudança para um local com um arrendamento mais baixo ou para locais de co-working pode ser uma solução para diminuir os custos fixos associados ao seu próprio negócio.

Aqui ficam algumas das sugestões de como evitar o sinal vermelho na gestão do seu próprio negócio. Porém, como empreendedor terá que analisar qual a melhor estratégia e a mais adequada ao seu próprio negócio. No mercado atual, as sugestões descritas acima não são as únicas medidas existentes que podem ajudá-lo no caminho para um negócio de sucesso. O empenho de um empreendedor deverá ser diário para que o seu próprio negócio se torne num negócio de sucesso.

Descubra a oportunidade que mais se adequa a si.
Fale connosco!

Peça hoje mais informações!

Nome*
Email*
Franchising de Interesse
Telefone*
Localidade*