Franchising e Oportunidades - Consultoria Franchising

UNU

Franchising Imobiliária

Urban Obras

Franchising em Obras e
Remodelações

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

ALLCAN

Franchising de Coaching & Training

Guard Clean

Franchising para Técnicos em Limpeza

UNU

Franchising em Imobiliária

Branquia

Franchising de Limpeza Comercial

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

6 Dicas para contratar as pessoas certas para a sua empresa

Atualmente, no mundo dos negócios de sucesso, as empresas estão cada vez mais preocupadas com o seu capital humano. Se é empreendedor, de certeza que já se deparou com o desafio de construir uma equipa qualificada, sendo esta uma das principais dificuldades do seu próprio negócio, certo?

É preciso garantir boas contratações e, posteriormente, reter essas pessoas no seu negócio próprio. No entanto, encontrar esses profissionais requer um trabalho muito cuidadoso por parte da área de RH.

Porém, por norma, empresas pequenas, não possuem um departamento de Recursos Humanos estruturado e com processos de seleção bem definidos. E daí, surge um novo desafio. Muitas vezes, os próprios empreendedores precisam assumir essa tarefa e plaear ações que visam a contratação de colaboradores para os seus negócios próprios.

Considerando que contratar e demitir são procedimentos muito custosos e ainda causam um grande desgaste dentro de um negócio próprio, conheça 6 dicas que o irão ajudar nesse processo.

  1. Estabeleça o perfil da vaga

Definir o perfil do colaborador que o seu próprio negócio precisa é o primeiro passo para começar bem a seleção. Pense qual será o cargo, as responsabilidades e atividades que a pessoa assumirá. Essas informações têm de constar na descrição da vaga.

Quando o empreendedor souber qual o perfil do colaborador, deve criar filtros que o ajudarão a encontrar o profissional perfeito para a função. As seguintes questões, por exemplo, ajudam a fazer essa seleção:

  • Qual a formação desejada (nível de escolaridade)?
  • Necessita de ter formação nalguma área específica??
  • Que outras habilidades e conhecimentos são desejáveis para o cargo (idiomas e informática, por exemplo)?
  • O candidato precisa ter experiência? Se sim, existe um tempo mínimo?

Com estas informações, o empreendedor será mais objetivo, conseguindo selecionar realmente as pessoas que suprirão as demandas do seu próprio negócio.

  1. Estude o perfil e informações de cada candidato

Antes de iniciar as entrevistas, o empreendedor deve estudar os dados de cada potencial colaborador. Esse tipo de preparação garante que a conversa seja mais produtiva e que nenhum ponto deixe de ser abordado. Além disso, permite que o empreendedor aborde pontos mais comportamentais, sem que o candidato precise se prenda a pontos já mencionados no currículo.

  1. Faça as perguntas certas na entrevista

Existem questões que são importantes para todas as atividades e outras que devem ser definidas de acordo com a vaga a ser preenchida. Sendo assim, antes da entrevista, o empreendedor deve preparar as perguntas que são fundamentais no processo para que possam orientá-lo durante a conversa. É importante garantir que nenhum ponto importante deixe de ser questionado.

  1. Saiba identificar as habilidades do candidato

Além da análise do currículo, existem habilidades valiosas para o seu próprio negócio que, uma vez identificadas durante a entrevista, podem indicar que o candidato em questão será um ótimo colaborador para a sua equipa.

Habilidades como facilidade para trabalhar em equipa, comunicar de forma clara e eficiente, um pensamento inovador e um perfil de liderança e proatividade são exemplos de aptidões desejadas num bom colaborador.

Por isso, o empreendedor deve procurar fazer perguntas ou propor exercícios práticos durante a entrevista de forma a que consiga perceber as virtudes dos candidatos.

  1. Passe todas as informações sobre o seu próprio negócio

É importante que ao final da entrevista o candidato conheça com algumas informações sobre o seu próprio negócio e da vaga para que possa avaliar se realmente possui interesse na oportunidade, bem como valores e objetivos compatíveis com os da organização. É importante que os dois lados estejam satisfeitos com todas as informações obtidas para que assim possam tomar a melhor decisão.

  1. Avalie o comportamento do candidato

Um candidato pode ser muito bem qualificado, no entanto, se não possui equilíbrio emocional, pode sofrer crises e criar situações de tensão dentro do seu próprio negócio, destabilizando a equipa.

O stresse e a pressão nos dias de hoje são verdadeiros testes de resistência. Especialmente se o seu negócio próprio for de pequena dimensão, é preciso priorizar a contratação de colaboradores que vão ter condições de se manter equilibrados e lidar com obstáculos para trabalhar ao seu lado. Use a razão e não tanto a emoção para contratar a pessoa certa.

Descubra a oportunidade que mais se adequa a si.
Fale connosco!

Peça hoje mais informações!

Nome*
Email*
Franchising de Interesse
Telefone*
Localidade*