Franchising e Oportunidades - Consultoria Franchising

UNU

Franchising Imobiliária

Urban Obras

Franchising em Obras e
Remodelações

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

ALLCAN

Franchising de Coaching & Training

Guard Clean

Franchising para Técnicos em Limpeza

UNU

Franchising em Imobiliária

Branquia

Franchising de Limpeza Comercial

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

5 dicas para tornar o seu próprio negócio sustentável

“Como tornar o meu próprio negócio sustentável?” Esta é uma pergunta bastante comum dos empreendedores nos tempos atuais. Os recentes eventos que envolvem, não só a perda de vidas, mas também os danos irremediáveis que têm sido observados no meio ambiente, levam a uma preocupação cada vez mais exacerbada por parte dos empreendedores por este tema tão pertinente na sociedade atual.

Mudanças internas nos próprios negócios podem ser aliadas importantes para promover práticas mais sustentáveis e inerentes a uma política de proteção à natureza, pois num mundo que pede cada vez mais atenção às questões ambientais, os negócios de sucesso, enquanto motores da economia, precisam estar atentos ao assunto.

No entanto, de forma realista e pragmática, é preciso reconhecer que o empreendedor apenas irá implementar mudanças sustentáveis no seu próprio negócio, caso observe vantagens para a economia e para a sua empresa. Mas, cada vez mais, essa perceção fica mais clara, já que em virtude da exigência dos consumidores, as práticas sustentáveis vêm se mostrando extremamente positivas para os negócios de sucesso.

E porquê? Os negócios próprios sustentáveis lucram e ao mesmo tempo economizam mais ao, por exemplo, implementar um processo de separação e reciclagem de embalagens.

Tornar o seu próprio negócio mais sustentável é muito menos complicado do que a princípio pode parecer. Ações simples nesse sentido são capazes de transformar radicalmente a rotina do seu negócio próprio, bem como a sua relação com os clientes.

Descubra 7 dicas que todos os empreendedores podem colocar em prática de forma a tornar o seu próprio negócio sustentável:

  1. Adote a documentação eletrónica

Um dos maiores obstáculos encontrados pelos empreendedores quando se trata do uso consciente de recursos naturais está nos documentos impressos desnecessariamente.

Porém, ao adotar um sistema de documentação eletrónica, é possível, que o seu próprio negócio consiga reduzir o consumo de papel, economizar espaço de arquivo, aumentar a segurança de documentos importantes e confidenciais, além de agilizar buscas e economizar tempo.

E se pensa que documentos eletrónicos não possuem legalidade jurídica, saiba que hoje já existem ferramentas de assinatura eletrónica que garantem a legalidade da documentação no mundo dos negócios.

  1. Não deite fora. Repare!

O empreendedor deve utilizar os equipamentos do seu próprio negócio o maior tempo possível. Além de reduzir os gastos para comprar máquinas novas, irá reduzir a quantidade de lixo tecnológico. Em vez de descartar o computador desktop ultrapassado, o empreendedor deve primeiro conversar com um técnico para tentar reparar a máquina. Pode sair muito mais barato do que comprar uma nova.

  1. Modifique a iluminação

O seu próprio negócio pode começar pela simples adoção de uma iluminação mais adequada, como o uso de modelos de LED, bem como a instalação de sensores de presença. A adoção destas medidas podem significar uma economia considerável no consumo de energia elétrica do seu próprio negócio.

  1. Treine os gestores

Dentro do mundo dos negócios de sucesso, uma verdade é simplesmente incontestável: seja qual for a estratégia ou a ideologia adotada, é imperativo que ela seja adotada pelos gestores do seu próprio negócio.

Os líderes e gestores têm que estar plenamente convencidos do valor e da efetividade das ações sustentáveis do seu próprio negócio, assim como o retorno trazido para a empresa. Para isso, aposte em formações, assim como na promoção de discussões produtivas sobre o assunto.

  1. Separe o lixo

Ao contrário do que muita gente pode pensar, colocar separadores para materiais reciclados não agrega muito em termos de sustentabilidade. Na prática, o seu negócio próprio deve criar um gerenciamento de resíduos eficiente e efetivo.

Além da separação do lixo, o empreendedor deve procurar buscar parcerias com empresas de reciclagem locais para que recolham os resíduos separados e criar campanhas de redução do uso de descartáveis (como os copinhos de plástico).

Sabe-se que a legislação tem colaborado bastante para a sustentabilidade no mundo dos negócios. Dessa forma, várias organizações têm empregado algumas atitudes importantes em virtude desse caminho, fundamentadas no ISO 14001.

O ISO 14001 é o motivador pela utilização de melhores técnicas na gestão ambiental das organizações, seja qual for o tamanho do seu próprio negócio. O exercício que desempenha e o ramo de operação não são relevantes para adquirir o certificado. São as atitudes da empresa referentes à inserção de uma política ambiental que priorize ao meio-ambiente que dão azo ao inicio de um programa de gestão competente.

Descubra a oportunidade que mais se adequa a si.
Fale connosco!

Peça hoje mais informações!

Nome*
Email*
Franchising de Interesse
Telefone*
Localidade*