Franchising e Oportunidades - Consultoria Franchising

UNU

Franchising Imobiliária

Urban Obras

Franchising em Obras e
Remodelações

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

ALLCAN

Franchising de Coaching & Training

Guard Clean

Franchising para Técnicos em Limpeza

UNU

Franchising em Imobiliária

Branquia

Franchising de Limpeza Comercial

House Shine

Franchising em Limpezas Domésticas

3 Dicas para recrutar mais mulheres para a sua empresa

Atualmente, as mulheres trabalhadoras representem 40% da força de trabalho em todo o mundo e muitas já conseguiram arriscar na criação dos seus próprios negócios, tornando-se empreendedoras de sucesso. Existem inclusive estudos que revelam que a contratação de mais mulheres para os negócios próprios apresenta um conjunto de benefícios, tais como aumento da produtividade, melhor adaptação às mudanças, constituindo, por isso, uma força de trabalho mais estável.

Por outro lado, a decisão de contratar mais mulheres para os quadros do seu próprio negócio contratar prende-se igualmente com questões inclusivas e igualitárias, tendo em conta que a luta pela igualdade de género nunca teve tanto destaque como agora.

Mas como fazê-lo? Como contratar mais mulheres?

O artigo de hoje pretende ser uma ferramenta de apoio à contratação de recursos humanos no feminino, com dicas que irão facilitar o processo de recrutamento. Ora veja:

1. A primeira dica para os empreendedores é que devem fazer investimentos a longo prazo no seu próprio negócio. O recrutamento a termo certo (e de curta duração, sobretudo) é uma barreira à contratação de mulheres. Isto acontece porque, normalmente, a procura por um posto de trabalho que forneça alguma segurança e estabilidade tem preponderância. Além disso, se se sentirem motivadas e satisfeitas, a produtividade tende a ser maior.

2. O empreendedor deve evitar complicar o processo de recrutamento de mulheres para o seu próprio negócio. E para começar, pode ter atenção ao anúncio que publica. O empreendedor deve utilizar linguagem acessível e simples, ou por distinguir capacidades “obrigatórias” de “preferenciais” – isso irá ajudar a ter uma maior participação no anúncio, ao invés de afastar candidatas. Mais do que saber como foi o passado da pessoa, tente perceber se as candidatas possuem potencial para o futuro do seu próprio negócio.

3. Embora a competência profissional seja um conjunto de conhecimentos adquiridos, experiência e personalidade, que nada tem a ver com gênero, o número de mulheres que ocupam cargos de liderança nos negócios próprios ainda é baixo. E apesar de já ser notável o caminho que tem sido feito neste sentido, com cada vez mais mulheres a revolucionarem o mundo dos negócios, ainda há um longo percurso a percorrer de forma a promover a inclusão e promoção das mulheres a cargos de chefia. Para tal, o empreendedor pode desenvolver programas e políticas internas no seu próprio negócio.

 

Descubra a oportunidade que mais se adequa a si.
Fale connosco!

Peça hoje mais informações!

Nome*
Email*
Franchising de Interesse
Telefone*
Localidade*